Minhas primeiras linhas de códigos foram no Access!

Você não leu errado! Meus primeiros passos como programador onde de fato li e escrevi algumas tímidas linhas de códigos foram no Access. Lembro-me que eu navegava na internet e então, por alguma ocasião do destino, eu vi algo sobre o Access, um formulário creio eu. Então, re-instalei o pacote Office (a instalação padrão não incluía o Access) e então, o adicionei ao meu computador.

O primeiro contato foi tímido, eu estava literalmente mexendo em tudo, olhando, bisbilhotando, etc. Tudo isso pra me familiarizar com essa ferramenta que estava me deixando com uma curiosidade insaciável. Eu estava maravilhado com as possibilidades. Eu teria saído do Resource Hacker onde eu só conseguia alterar a aparência de alguns aplicativos, para um estado onde eu poderia construir algo à partir do que eu quisesse!

Na época eu ainda trabalhava na farmácia o dia todo, e estudava à noite, então eu conciliava um trabalho que eu não gostava de fazer, meus estudos, e com algo que eu estava maravilhado e contava os minutos para voltar a fazer (dá pra imaginar o contraste disso?). Cada minuto livre meu, cada energia de vida que eu tinha livre, estava voltada para o aprendizado e construção de qualquer coisa que eu quisesse. É interessante notar que atualmente é mais difícil ter tal energia e ânsia, ou será que está faltando “algo novo”?

Após muito estudar comecei a fazer alguns formulários mais interessantes, na época cheguei a até mesmo criar um aplicativo para uma locadora de filmes evangélicos (de conhecidos), com aquele CRUD básico de filmes, clientes, vendas, etc. Até que ficou bem completo, só não sei se ainda utilizam depois de tanto tempo (provavelmente não). Com Access, obviamente, foi o meu primeiro contato com o que se pode chamar de “SQL”, eu não entendia o que estava fazendo, peguei na internet os scripts que eu precisava, adaptava e colocava pra funcionar. Foi uma época de muito aprendizado e descobertas, mesmo com uma ferramenta tão odiada pelos devs. Quanto à mim, eu só tenho à agradecer ao Access 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.